Mad Max: Estrada da Fúria – Figurino da Semana

Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max, interpretado por Tom Hardy, se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa, Charlize Theron, na tentativa de salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo. Mad Max é um dos concorrentes ao Oscar de Melhor Figurino, junto com Cinderela, A Garota Dinamarquesa, Carol e O Regresso

Quem assina o figurino do filme é Jenny Beavan, 9 vezes indicada ao Oscar, levando a estatueta por “Uma Janela para o Amor”. A figurinista, acostumada com trabalhos de época, como o Discurso do Rei,  executa um trabalho impecável dando vida a um futuro pós apocalíptico.

Foto: Reprodução
Mel Gibson e Tom Hardy como Max – Foto: Reprodução

Jenny se inspirou nos figurinos de Mad Max 2 e 3, principalmente no figurino do personagem principal, o Max de Tom Hardy carrega a mesma estética do Max de 30 anos atrás. A jaqueta de couro com a ombreira apenas de um lado é uma grande homenagem ao personagem imortalizado por Mel Gibson.

Muito algodão e principalmente couro fazem parte das peças, que tem aspecto envelhecido. A ideia, segundo a própria figurinista é de que nesse futuro onde os recursos são escassos, tudo é reciclado. Isso fica evidente nos acessórios utilizados até pelos personagens de menor destaque, pedaços de peças, objetos aleatórios, sucata, tudo é reaproveitado e ganha outro significado.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O figurino de Furiosa foi todo planejado para sua prótese, ele traduz a força da personagem e possibilita que a Imperatriz possa fazer todos os movimentos necessários para salvar o grupo de esposas de Immortan Joe e salvar seu povo.

madmaxfigurino
Foto: Reprodução

Por fim, o figurino das esposas de Immortan Joe foi inspirado em um balé em que os bailarinos usavam apenas tecidos enrolados no corpo, o espetáculo encantou o diretor George Miller, que resolveu adaptar para a estética do longa.

Leia o post anterior:
Estamparia: entenda os processos de estamparia corrida

Como consumidores poucas vezes nos questionamos como um produto é feito, mas quando nos colocamos no lugar de criadores e...

Fechar