Wearables: tecnologias vestíveis

Já pensou poder ouvir sua música preferida apenas com o capuz da sua blusa? Ou piscar os olhos para apagar as luzes? Pois isso tem sido possível graças à tecnologia que tem cada dia mais se envolvido com o universo da moda.

Os aparelhos vestíveis já estão no mercado há um tempo, principalmente quando falamos em relógios inteligentes, como os da Apple, Samsung e Nike. A tecnologia tem investido muito nessa área,  monitorando sua saúde e facilitando o dia a dia do usuário.

A ideia é que, num futuro muito próximo sua roupa se adaptará a você e ao clima, te alertará sobre possíveis problemas de saúde e até informará aos outros seu estado de espírito, transformando a maneira como você interage com o ambiente. Hoje já é possível encontrar em escala comercial relógios, pulseiras, tênis e até mesmo peças de roupas usados como aliados na saúde e na prática de esportes.
Quando o assunto é humor, o Adrenaline Dress, por exemplo, tem sensores capazes de identificar sua mudança de humor com base na frequência cardíaca e dos níveis de transpiração, fazendo com que parte da peça se expanda e se contraia. Ele ainda é um protótipo, mas é provável que em breve você poderá ir além da expressão corporal e informar a todos que não está querendo possíveis aproximações.
O maior desafio, no entanto, será unir design e funcionalidade, tornando a vida do usuário mais dinâmica, mas mantendo uma das principais funções da indumentária, a expressão pessoal, garantindo que essas peças se encaixem no estilo do seu consumidor, seja ele qual for.
Dá só uma olhada nesse vídeo promocional da Intel demonstrando um pouco o assunto:

Leia o post anterior:
Dener Pamplona: nasce o luxo na moda brasileira

Dener Pamplona é um dos maiores nomes da moda brasileira, conhecido pela elegância e feminilidade em suas peças, Dener se...

Fechar