Edith Head, a figurista que mais ganhou Oscars na história

Edith Head nasceu em 1898 nos Estados Unidos. Aos 26 anos foi contratada pela Paramount, como desenhista de croquis do departamento de figurino. Foi assistente do figurinista Howard Greer e de Travis Banton, um dos mais importantes figurinistas da década de 1930. Oito anos e muito trabalho depois, conquistou o cargo mais alto dos figurinistas da Paramount.

 

Edith era a queridinha dos diretores, foi responsável por dar vida ao guarda roupa dos maiores ícones da história do cinema.  É a responsável pelo figurino dos filmes “Janela Indiscreta” (1954), “Um corpo que cai”, (1958), e “Os Pássaros” (1963), todos de Hitchcock.

Alfred Hitchcock, Edith Head e Grace Kelly - Foto: Reprodução
Alfred Hitchcock, Edith Head e Grace Kelly – Foto: Reprodução

 

Além de Grace Kelly em Janela Indiscreta, Edith vestiu Audrey Hepburn em filmes como “Bonequinha de Luxo” (1961),“Cinderela em Paris” (1957), “A Princesa e o Plebeu” (1953) e “Sabrina” (1954) e participou do figurino de mais de 400 filmes.

Desses 400, foi indicada mais de 30 vezes, levando 8 Oscars. Vestiu estrelas como Bette Davis, Ginger Rogers, Elizabeth Taylor, Rita Hayworth, Sophia Loren e muitas outras, criando estilos que muitas admiram até os dias de hoje. Trabalhou na Paramount até 1967, indo direto para a Universal Pictures e trabalhando até a sua morte em 1981.

A personagem Edna Mode de Os Incríveis foi inspirada na figurinista Edith Head - Foto: Reprodução
A personagem Edna Mode de Os Incríveis foi inspirada na figurinista Edith Head – Foto: Reprodução

 

Com seu incrível talento como figurinista, Edith deixou um grande legado no mundo da moda, escreveu dois livros, “How To Dress For Success”,  e “The Dress Doctor”.  Recentemente, foi homenageada na animação “Os Incríveis”com a personagem Edna Mode (igualzinha, né?).
Confira alguns croquis da figurinista!
Croqui de Edith para Grace Kelly em Janela Indiscreta - Foto: Reprodução
Croqui de Edith para Grace Kelly em Janela Indiscreta – Foto: Reprodução

 

edith-head-croqui
Croqui de Edith Head para Elizabeth Taylor em Um lugar ao sol – Foto: Reprodução

 

croqui-edith-head
Croqui de Edith Head para Bette Davis em A Malvada – Foto: Reprodução

Ah! Os filmes que ela levou a estatueta para casa foram:

  • 1950 – Tarde demais – The Heiress
  • 1951 – Sansão e Dalila – Samson and Delilah
  • 1951 – A malvada – All About Eve
  • 1952 – Um lugar ao Sol – A Place in the Sun
  • 1954 – A Princesa e o Plebeu – Roman Holiday
  • 1955 – Sabrina – Sabrina
  • 1961 – O Jogo Proibido do Amor – The Facts of Life
  • 1974 – Um Golpe de Mestre – The Sting

 

Leia o post anterior:
Tim Burton em croquis fashionistas

Guillermo Meraz é um ilustrador de moda mexicano que transforma nossos filmes e personagens favoritos em croquis de moda. De...

Fechar