Grupo Armani anuncia fim do uso de pele de animais

Na última semana Giorgio Armani movimentou mais uma vez o mundo da moda com um anúncio importantíssimo, o grupo Armani, que inclui a Armani Privé, Giorgio Armani, Emporio Armani e Armani Exchange não fará mais uso de peles de animais. “É com muito prazer que anuncio que o Grupo Armani estabeleceu um firme comprometimento em abolir o uso de pele animal em nossas coleções”, afirmou Giorgio Armani.

Há anos sendo pressionado pelo PETA, pelo uso de peles de coelho e outros animais, Giorgio Armani abre espaço para que outras grifes também se tornem fur-free. A medida foi feita em parceria com as organizações The Humane Society of The United States e a Fur Free Alliance.

Sobre o novo posicionamento da marca, o estilista complementou: “O progresso tecnológico dos últimos anos nos permite ter uma série de alternativas a nossa disposição, todas excluindo práticas cruéis e desnecessárias contra animais. Minha empresa está dando um passo enorme, que reflete nossa crescente atenção aos problemas críticos do meio-ambiente e dos animais”.

Agora é esperar para ver se outras grifes abraçarão a mesma causa!

Leia o post anterior:
Pantone: As cores do Outono 2016

A gente já falou sobre a Pantone e as cores do ano de 2016 aqui, a empresa, referência mundial em...

Fechar