4 filmes para quem ama decoração

 

O cenário de um filme, assim como seu figurino, é importante na identificação da época, estilo e características dos seus personagens.

É com o uso de cores, móveis e objetos decorativos que descobrimos se uma personagem é romântica ou moderna, se vive nos grandes centros urbanos ou no interior e sua situação econômica.

Além de nos localizar o contexto da história, o cenário é, assim como o figurino, capaz de nos ensinar e nos inspirar.

Confira 4 filmes que tem cenários para decorador nenhum botar defeito!

O Grande Gatsby

grande_gatbsy_interiores
Foto: Reprodução

O filme se passa na década de 1920 e tem um cenário repleto de luxo e é claro, muito Art Déco. Não foi a toa que o filme recebeu, entre tantos prêmios, o Oscar de Melhor Design de Produção e Decoração de Set em 2014. Ótimo trabalho da dupla Catherine Martin e  Beverley Dunn.

O Fabuloso Destino de Amelie Poulain

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Amelie Poulain conquista pessoas até hoje com sua história envolvente, personagem fora do comum e um cenário inspirador. O apartamento da francesa tem uma paleta de cores intensa com vermelhos e verdes fechados. O espaço também tem um ar kitsch, como os retratos de animais na parede da cama e o abajur de porquinho.

O Grande Hotel Budapeste

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Grande Hotel Budapeste é um filme do famoso cineasta Wes Anderson, conhecido por seus cenários com paletas de cores impecáveis e simetria perfeita. A história se passa em um resort excêntrico, com salões luxuosos. O cenário é praticamente uma casa de bonecas, com ambientes de cores  vibrantes. O filme recebeu o Oscar de Melhor Design de Produção e Decoração de set com a mesma dupla responsável pelo filme O Grande Gatsby.

Trapaça

trapaca_interiores
Foto: Reprodução

Os apaixonados pela estética e decoração da década de 1970 podem colocar esse filme na lista de queridinhos. Trapaça surge com um cenário extravagante, repleto de amarelo, laranja e outras cores vibrantes. Os papéis de parede icônicos da década também não passam despercebidos. Um luxo!

E então, qual decoração de filme faltou por aqui? Conta pra gente seu favorito!