RGB, CMYK e um infográfico sobre teoria das cores

A cor pode ser a melhor amiga ou pior inimiga de um designer. Uma aplicação inadequada de cor pode resultar em queda drástica nas vendas de um determinado produto , por isso, compreender a teoria das cores e saber o significado e como aplicar cada uma delas é uma tarefa importante durante o trabalho em design.

Podemos separar as cores em diferentes grupos. Em cores oriundas de corpos que emitem luz e corpos que refletem luz. As cores dos corpos que emitem luz são conhecidas no sistema RGB (Red, Green and Blue, ou vermelho, verde e azul). Já o sistema de cores de corpo opaco é o CMY (Cyan, Magenta and Yellow, ou Ciano, Magenta e Amarelo).

teoria-das-cores_

Para entender melhor, no RGB, se somarmos as suas três cores básicas na proporção certa, teremos como resultado a cor branca. Já no CMY, ou sistema de Cor Pigmento, se somarmos as três cores nas proporções certas teremos como resultado o preto.

O RGB pode ser encontrado em TVs, câmeras digitais e na tela dos computadores. O CMY ou CMYK (adicionando o K de black) é muito usado em impressões, onde usamos pigmento.

As cores ainda podem ser divididas em inúmeros grupos, como cores quentes e frias, análogas e complementares. Para entender melhor, confira esse infográfico produzido pelo Paper Leaf Design e traduzido por Allyson Correia.

teoriadascores

Leia o post anterior:
Projeto Lab e BeYou selecionam estilistas para Casa de Criadores

A Casa de Criadores é o maior evento de novos estilistas da moda brasileira, por lá já passaram nomes como...

Fechar